Cão ataca crianças na Baixada e fere gravemente menino de 9 anos (assista ao vídeo) 

Última atualização:

Uma câmera de segurança flagrou o momento em que um cachorrro da raça pitbull atacou um menino de nove anos no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. 

Nicolas Paz Vieira Souza do Nascimento foi mordido na perna na noite da última segunda-feira (27). Ele está internado no Hospital Municipal Souza Aguiar, onde passou por uma cirurgia de reconstrução da panturrilha. Segundo a unidade, o estado de saúde de Nicolas é estável.

O menino estava soltando pipa na rua com o irmão de 14 anos, quando o animal, sem coleira, tentou atacar a dupla. O irmão mais velho chegou a pegar o caçula no colo para tentar protegê-lo. O adolescente tenta, sem sucesso, afastar o cachorro, até que o cão morde a perna de Nicolas. 

O adolescente encontra dificuldade para afastar o cachorro. Na sequência, um vizinho se aproxima para ajudar os meninos a se livrarem do pitbull, mas o socorro também não foi fácil. O homem e o adulto desferiram golpes na tentativa de que o cão soltasse Nicolas.

Após conseguirem se livrar do cachorro, os vizinhos levaram a criança a uma unidade de saúde em Villar dos Teles. Nicolas chegou a ser transferido para outros dois hospitais, até dar entrada no Souza Aguiar, no Centro do Rio.

Mesmo ferido, o menino encontrou forças para tentar acalmar a mãe, que, nas palavras dela própria, “entrou em desespero” ao perceber o estado da perna da criança. A manicure Roberta Paz de Souza conta que o filho aguentou toda a situação sem sequer chorar.

— Quando eu vi o meu filho daquele jeito, fiquei desesperada e até um pouco em choque. Peguei ele no colo e só ficava repetindo como a perna dele estava feia. Foi ele que me acalmou, me pedia para ficar tranquila e dizia que estava bem. Não vi meu filho derramar nenhuma lágrima. Ele só foi chorar bem depois, quando viu o pai no hospital, admitindo que estava com medo de perder a perna. Meu filho foi muito forte — diz Roberta, orgulhosa.

O video mostra o ataque do cachorro: