Bolsonaro lamenta morte de Jô Soares: “Grande personalidade brasileira”; políticos homenageiam o artista

"Jô sempre fez bom uso do seu direito de livre expressão. Por muitas vezes teceu duras críticas contra mim, comentou Bolsonaro

Bolsonaro no JÔ

O presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais nesta sexta-feira (5/8) para lamentar a morte do apresentador, ator, humorista, jornalista e escritor Jô Soares. O chefe do Executivo ressaltou que, ‘independentemente de preferências ideológicas, Jô Soares foi uma grande personalidade brasileira’. E postou uma foto ao lado dele em uma entrevista em 2007.

“Independentemente de preferências ideológicas, Jô Soares foi uma grande personalidade brasileira que conquistou a todos com seu modo cômico de discutir assuntos profundos. Que Deus conforte a família e o acolha com a cordialidade que o próprio Jô recebia a todos”, escreveu.

“Jô sempre fez bom uso do seu direito de livre expressão. Por muitas vezes teceu duras críticas contra mim, inclusive. Mas foi por viver num país livre, não em um regime autoritário, que ele pode exercê-lo integralmente. Essa é a beleza da democracia.”

No fim das contas, as divergências pouca diferença fazem na hora de nossa partida para perto de Deus. O que fica são as nossas obras, e Jô Soares deixa para o Brasil um exemplo de postura, elegância e bom humor, e, por isso, tem o meu respeito”, completou.

Políticos lamentam a morte de Jô Soares: “Menos motivo para rir”

Ciro Gomes – O Brasil amanheceu muito triste, com menos motivo para rir e menos ágil no pensar. Perdemos Jô Soares, uma das nossas maiores referências de inteligência, talento e humor. Descanse em paz querido Jô e receba, de todos nós, aquele carinhoso e agradecido beijo bem gordo.

Simone Tebet – Uma grande tristeza. O ator, diretor, escritor, humorista e brilhante Jô Soares nos deixou nesta manhã aos 84 anos. Seus personagens marcaram nossas vidas e o Brasil aprendeu muito com sua inteligência. Meus sentimentos aos familiares e amigos.

Rodrigo Pacheco – O Brasil perde Jô Soares, um dos maiores comunicadores de nossos tempos. Jô foi apresentador, humorista, diretor, escritor de livros e dramaturgo. Sua trajetória é parte da cultura brasileira. Meus sentimentos e solidariedade aos familiares, amigos, colegas e fãs.

Rodrigo Garcia – Jô Soares foi uma explosão de talento que inundou o Brasil por gerações com inteligência e graça, um gênio da raça. Um beijo pro gordo e sua família. Que essa despedida nos deixe um sorriso de saudade. Viva o Jô!