Fátima Bernardes ganha R$ 1,5 milhão por mês, mas não aguenta mais apresentar programa diário

Última atualização:

A repórter Cleo Guimarães, da Veja, afirma que é certo na Globo o fim do programa “Encontro com Fátima Bernardes”.

A apresentadora está à frente da atração há 10 anos e não esconde de ninguém que cansou.

Ela não quer mais e afirma que nem tem pique para tocar um programa diário.

Ainda de acordo com a revista, Patricia Poeta, substituta de Fátima, vem obtendo índices ruins de audiência em suas recentes aparições, o que levou a emissora a descartar sua efetivação.

Cristina Padiglione conta uma história um pouco diferente no site F5, da Folha de S.Paulo:

“No alto escalão da Globo, sua saída, antes que o ano de 2022 termine, é dada como certa. Mas a despedida está mais cotada para ocorrer no segundo semestre, quando ela encerrará um ciclo de 35 anos na emissora.

Em junho, Fátima completará dez anos no comando do ‘Encontro’, efeméride que vem a calhar para selar sua história nas manhãs da Globo. Em setembro, a jornalista completará 60 anos de idade, outra data que a leva a refletir sobre uma nova rotina”.

Para manter Fátima na empresa, a Globo banca salário de R$ 1,5 milhão por mês para a apresentadora, mais merchandising.