Haddad lamenta o apoio de Romário a Bolsonaro e lembra que lançou programa para crianças com deficiência

Última atualização:

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad criticou o apoio do senador Romário (PL-RJ) a Jair Bolsonaro. O petista lembrou que o ex-jogador tem uma filha com deficiência e recordou a declaração do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para quem as crianças deficientes “atrapalham” o aprendizado nas escolas. 

“Quando eu era ministro, lançamos um programa de inclusão de crianças com deficiência. O ‘BPC na Escola’ beneficiou 400 mil crianças. É duro ver o pai de uma delas apoiar um governo que acha que essas crianças atrapalham. Feliz dia de todas as crianças!”, escreveu Haddad no Twitter. 

As declarações do senador Romário (PL-RJ) a favor do presidente Jair Bolsonaro provocaram uma saraivada de críticas nas redes sociais. Os internautas estão questionando a falta de sensibilidade social do político. “O povo comendo osso e pelanca e o senhor dizendo que está melhor. Que vergonha”, comentou.

Um outro seguidor lembrou a alta do preço dos combustíveis e detonou:  “Os mais pobres voltaram a cozinhar à lenha porque não podem mais comprar o botijão de gás e esse senador dizendo que está melhor. Que decepção”.