Lula responde a Ciro: foi grosseiro e banal

Ex-presidente lembrou que em 2014 o país teve o menor desemprego da história, que Dilma foi derrubada por um golpe de estado, e que o Brasil só piorou de lá para cá

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou como “banal” e “grosseiro” o gesto do ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE), após o ex-governador do Ceará dizer, sem provas, que o petista conspirou a favor do golpe contra Dilma Rousseff em 2016.

“Foi banal, grosseiro. Às vezes fico pensando quando Jesus Cristo na cruz dizia ‘Pai, perdoai os ignorantes. Eles não sabem o que fazem’, afirmou Lula durante entrevista à Rádio Grande FM de Dourados (MS). 

“Não é possível um homem que pleiteia a presidência possa falar as baixarias que ele falou. Só lamento que seja assim. Não sei o que ele está querendo, mas quem planta vento colhe tempestade”, complementou.

O ex-presidente defendeu Dilma. “Não podemos esquecer que o que aconteceu com a Dilma foi um golpe, que usou de desculpa pedalada fiscal. O Brasil só piorou de lá pra cá. Falaram em ponte para o futuro, mas foi uma ponte para o abismo. Em 2014 tínhamos o menor desemprego da história e inflação controlada”, disse. 

Em 2016, a então presidente foi inocentada tanto pelo Ministério Público quanto por uma perícia do Senado, justamente a instituição que a destituiu por meio de um impeachment fraudulento.