A prisão preventiva de Sérgio Cabral é um contrassenso para quem quer o Estado Democrático de Direito

Última atualização:

        * Paulo Baía

Sérgio Cabral teve sua prisão preventiva mantida pelo TRF-2.

O ex-governador está há quatro anos e meio preso preventivamente, isso mesmo, preventivamente, por uma decisão do Juiz Marcelo Bretas do TRF do estado do Rio de Janeiro.

Não sou jurista, advogado de defesa, nem bacharel em direito eu sou.
Creio que a prisão preventiva pelos motivos alegados é injusta e sem fundamento pedagógico.


Sérgio Cabral preso é o emblema de uma esquerda política punitivista, rancorosa, vingativa, com os aplausos da extrema direita e das direitas políticas vulgares.

Gostaria de saber a opinião de gente histórica da direita brasileira como Aristóteles Drummond e das esquerdas high-tech como Marcelo Freixo, Renata Souza e Eliomar Coelho.


Não é razoável manter Sérgio Cabral Filho preso preventivamente depois de mais de quatro anos.

É uma decisão sem sincronia com outras centenas de casos similares ou com similitude.

Fica todo mundo calado, em silêncio oportunist

Cadê o “pessoal dos direitos humanos”, pessoal de que eu faço parte?
Cadê os humanistas?
Cadê os garantistas?
Cadê os abolicionistas?
Cadê a socióloga sudestina de Aracaju indignada contra todas as prisões?

Sérgio Cabral Filho preso preventivamente, não falo nem em uma prisão domiciliar, é um contrassenso para quem quer Estado Democrático de Direito funcionando.

       * Sociólogo, cientista político e professor da UFRJ