Em Maricá, reduto histórico do PT, Cláudio Castro repassa recursos da Cedae e recebe elogios do prefeito Fabiano Horta, sob aplausos acalorados de Quaquá

Última atualização:

Há 13 anos reduto inexpugnável do PT fluminense, Maricá conseguiu sensibilizar o governador Cláudio Castro na tarde desta terça. Ao repassar os valores correspondentes à concessão da Cedae – exatos R$ 154 milhões – o governador foi alvo de elogios públicos do prefeito Fabiano Horta, sob aplausos acalorados do ex-prefeito Washington Quaquá, vice-presidente nacional do PT. Naquele momento as diferenças ideológicas foram deixadas de lado para dar lugar a uma amistosa relação institucional.

Antes de falar sobre a importância da possibilidade, agora plausível, de universalização dos serviços de distribuição de água e coleta de esgoto, o prefeito fez questão de fazer um registro de gratidão.

– Para além das diferenças ideológicas, gostaria de registrar o nosso reconhecimento público sobre a forma republicana como as questões de Maricá estão sendo tratadas e resolvidas desde o início de seu governo – elogiou o petista Fabiano, ao que Cláudio Castro respondeu minutos depois:

– Hoje, em Maricá, estamos dando exemplo ao Brasil. Através do diálogo e do entendimento estamos, juntos, construindo uma nova história para o nosso Estado.

Nas redes sociais, Quaquá afirmou que na história de Maricá não há registro de um governador que tenha tratado a cidade com tanta atenção e prestígio.

“Eu fui duas vezes prefeito e meu querido amigo Fabiano Horta também tem dois mandatos e nunca tivemos um governador que tenha tratado Maricá com o devido respeito e parceria, como tem feito Cláudio Castro.

Não sou de participar de eventos oficiais, nem quando era prefeito gostava, mas hoje fiz questão de ir prestigiar a vinda do governador Cláudio Castro”, escreveu

A cordialidade e o espírito de camaradagem se fizeram presentes por toda cerimônia. Mesmo antes, em conversas numa sala reservada, o clima era de absoluta descontração.

A boa vontade que permeou o encontro se manifestou também durante a cerimônia. No improviso de sua fala afirmativa e reta, sem floreios, Fabiano aproveitou para fazer um pedido de última hora: a implantação do programa Segurança Presente no Centro de Maricá. Castro não se deu tempo para pensar: “ Está resolvido. O Secretário de Governo, deputado Bacellar, já está autorizado a atender ao pleito de Maricá imediatamente”, anunciou o governador, sob aplausos de todos.

A deputada Zeidan também usou a palavra para agradecer o governador. Antes de falar, fez questão de abraça-lo carinhosamente. E solicitou apoio ao projeto coordenado pelo secretário Celso Pansera de desenvolvimento de um polo de pesquisas científicas na cidade.

Estiveram também presentes, o presidente regional do PT e secretário de governo de Maricá, João Maurício, o deputado federal Altineu Cortes, o deputado estadual Felipe Peixoto e  vereadores da cidade.